Category Archives: Bio-Comic

Para ter em consideração – Empregos de m*rda


Uma pessoa estuda toda a vida, tira boas notas e dizem que terá um BOM trabalho!! Só que não acontece.
Aqui vos apresento uma lista de trabalhos merdoso que alguns se sujeitam para pagar contas.

Trabalhar num cadeia de fast-food

Nunca ninguém disse em pequeno – “O meu sonho é trabalhar no MacD*n*lds”.
Imaginem acordar antes das 8h para apanhar o autocarro para chegar antes da hora de entrada porque “o patrão quer que se chegue antes do tempo”, “picar o ponto” e “ter cuidado com o troco” esse é a regra em todos os dias dos trabalhadores de um franchise multinacional. Para no final do dia, ficar com um aftershave de fritos e um sabor amargo na boca.

P.S- Já notaram que em Portugal, quanto mais a norte se visita um destes “restaurantes” mais pálido ficam os colaborares?

Trabalhar como lixeiro

Ao crescermos pensamos que todos os trabalhos difíceis têm um ordenado grande, mas não é verdade. Ser lixeiro é um daqueles trabalhos que tem exigência física com um ordenado bosta. Normalmente são empresas contratadas (amigos) das câmaras municipais, que têm cronometro no levantamento e arremesso de saco. Para no final do dia, terem um bicep e tricep sarado mas ficam com um aftershave característico, parecido com o anterior.

P.S- À uns dias encontrei um amigo meu e reparei que tinha o bicep todo bombado, como bom amigo que sou, perguntei se tinha voltado a ficar solteiro e tinha recaído aos antigos hábitos masturbatórios individuais, no qual respondeu-me, “não, agora sou lixeiro”.

P.S- No norte existia uma família muito conhecida de lixeiros chamados por Almeidas. Por isso, se tem esse sobrenome e chamam-lhe de lixeiro – não ligue.

Ser prestador de serviços

O sonhos húmido de todos os empresários. Poderem contratar os colaboradores e só pagarem aquilo a que propõem, sem subsídios, sem férias e a facilidade de todo o processo despedimento (ou seja, acordar um dia e dizer – “Infelizmente estás despedido”).
Já para o colaborador, nem chega a dormir. Trabalham as horas e muitos deles regem-se a não terem nenhum beneficio enquanto trabalhador.

P.S- Muitos consideram a escravidão do séc. XXI, trabalhar em locais que não se gosta, a fazer coisas que se odeia, para ter dinheiro para coisas que não faz falta.

 

Para ter em consideração – Bebés

Há de chegar um dia em que um dos teus amigos ou colegas começam a ter filhos. Que momentos de felicidade (ou não, depende). Prossegue-se logo ao ritual de apresentar a cria a todo o clã, seja por visita ou por fotografia.

O bebé é feio! Saí bicho! 

Mal se vé a criança de relance, já se começa a ter medo. Só para depois confirmar quando olhamos para ele diretamente –  “Fogo a criança parece um cotovelo”, “joelho” ou parece um “anão de fraldas após ter tomado a medicação”. Lá tenta-mos controlar o vómito e começamos a procurar parecenças com os Pais para que o bebé se torne mais bonito. Frases como “Tem os olhos da mãe” só serve para enganar os Pais que esperam que se lhes diga “O bebé é mesmo lindo”. É nesse momento que a pessoa faz um sorriso forçado e diz ‘é parecido com o pai’ (pois.. o pai ou mãe são feios).

P.S- Ninguém deve ficar melindrado pelos seus amigos dizerem que o seu filho/filha é feio! Ele vai crescer e na mesma forma que encontrou um parceiro ou parceira ele também vai encontrar. O que importa é que seja feliz.

P.S- Os bébés são bébés, criaturas cujos os pais poderão passar horar a tentar ver parecenças para depois chegarem à conclusão que são mais parecidas com o gato.

Comparar os animais com as bebés

Depois de todas as colegas/amigas/conhecidas terem tido todos os seus rebentos e estarem sempre  a falar deles. Chega o momento em que aqueles, que não têm bebés, começam a falar dos seus animais “domésticos” ou “familiares de quatro patas”. Normalmente começam para desenjoar sobre a conversa dos bebés mas torna-se rapidamente numa seca de 2 horas – “o gato foi ao bacio”. Sim, é verdade, os gatos comem, cagam e saltam para todo o lado. Afinal todos os animais fazem o mesmo.

P.S- Nós compreendemos porque as pessoas preferem os animais. Ao contrário dos filhos que se podem tornar uns ingratos, os animais são aquilo que sempre foi. E se não gostarem deles podem sempre deixar a porta aberta (não é no sentido literal, não quero queixas da PAN).

P.S- Um animal doméstico nunca será um ser humano. Faz companhia, isso é verdade.

Pais exageradamente protetores!

Esta é uma nova moda, pais sempre ligados no Facebook e em todas as redes sociais. Cheios de medos que as pessoas mal intencionadas possam usar um algoritmo nas imagens e pelo GPS triangularem a localização que acabam por partilhar. Pior metem a foto da criança com um emoji na cara, por exemplo um hambúrguer gigante… O contra-censo é enorme.

Pais de Portugal, isto é para vocês, se têm medo – NÃO PARTILHEM AS FOTOS. Melhor, não partilhem NADA, até terem idade adulta.

Dica #1 – Façam como eu, “Não seguir” no Facebook – mantêm a amizade mas não sabem que ignoras todas as fotos que inserem (win, win).

A parecença!

É mais um tópico de grande discussão, ele “é parecido com o pai ou com a mãe?”, começa com isto e termina sempre no tio-avó do lado da mãe, que numa fotografia no batizado em 1920, de lado com vista para cima e a preto-e-branco é parecido com o bebé que estamos a ver pela primeira vez. Mal conhecemos os Pais e muito menos o familiar que fazem referência. Claro que as parecenças são as mesmas que encontra no bébé das caixa do “Nestum” ou da “Dodot” que existem desde 1940 .
O problema é que comparam tudo, até os ruídos normais enquanto ser vivo –  “ohhh arrotou parece mesmo o pai”; ou -“deu um pun (ou peido, para os do norte) parece mesmo com o avó”. Caríssimos os bebés são bebés, comem, bebem, choram e riem-se, são assim durante uns anos até crescerem.

Dica #1 – Quando começarem com esta conversa, mudem rapidamente de tema, falem sobre trabalho, não existe melhor forma para os amigos/colegas ficarem com má cara.

Voltei 2017

Bom momento em que fazemos 30 anos e a nossa vida muda. Não muda tanto como para alguns amigos nossos, que se casam e outros têm filhos.
Muita coisa muda mas QuatroLetras vai-se manter no mesmo formato enquanto for possível para mim atualizar.
Posso não ter atualizado estes últimos anos mas existem dezenas de novas publicações aqui preparadas para serem públicas.

O que não deve fazer: enquanto solteiro

top3_naodevefazerenquantosolteiro
Top 1:
Passar muito tempo nas redes sociais

Já Marshall McLuhan dizia nos anos 60’s que estaríamos numa “aldeia global” e tinha toda a razão! Com a mudança dos tempos, as pessoas cada vez passam mais tempo nas redes-sociais sejam o Faces, o Twitter’s, o Badooo ou ambos. “Flirtar é só para solteiro”, são slogans que ouvimos na televisão na tentativa de nos captar numa vida “social” mais “online” e menos “on person”.  Já o Tindeer diz que + 40% dos perfis são de homens comprometidos que apenas “procuram algo”, ok… nem preciso explicar!
Para alguns, enquanto solteiros (as) o tempo gasto neste tipo de “pesquisa” torna-se uma grande parte do dia, criando um novo perfil de utilizador: os “vouyers dos perfis”, ficam até às tantas da madrugada a olhar para perfils.

Atenção: Se uma “mulher” diz aquilo que queres ouvir grande cuidado. A “Jackline” do tinder poderá ser um travesti (zona Lisboa – para os interessados).

Atenção #2: Coisa mais assustadora é ver as pessoas na vida real !!! Chegar à conclusão que são bem mais feias.

Top 2: Mandar SMS à/ao Ex

Como a tecnologia torna tudo mais simples, mesmo o que deveria ser complicado!
Bons tempos que as trocas de mensagens eram feitos por carta e demoravam 3 dias, isso é, se tivéssemos a morada da pessoa!!
Hoje em dia começa-se e acaba-se relações por SMS (faces, twittees, badooos)…
Umas das ocasiões que acontece a todo homem/mulher na vida é ficar preso no passado, só saber falar das alegrias passadas… “Ai isto”, “ai aquilo”se um amigo (a) seu está a passar por esta fase diga-lhe para ir para o “caral**” (receita dos antigos para tratar).
E… numa noite sem contar, uma breve fraqueza, envia uma SMS ao ex a dizer frases do género: “tenho saudades” ou “devíamos ser amigos” ou “podíamos sair”.. PAROU ESSA MER** 😀

Atenção: Quando tiver vontade para mandar SMS ao ex, coma picante!! Garanto-lhe que passará o tempo todo com diarreia!! “Parar a cólica faz mal”, não se esqueça! Vai ter motivo físico para ter os seus olhos a chorar 😉

Top 3: Desleixar-se

A ideia de “Ninguém gosta de mim” e enche o saco aos seus amigos, muitos deles possíveis futuros (as) namorados (as) misturado com uns calções e uns crocks para sair com eles.. não é boa ideia!!
A individualidade é importante para se afirmar entre os machos e fêmeas, contudo deverá ser doseado em quantidades pequenas, a utilização da “camisola do pai dos anos 80” de padrões horríveis é para ter cuidado (nem nessa altura estava na moda)!!

Atenção: O desodorizante é importante!! Deverá fazer parte da sua higiene diária!

Atenção 2: O estilo “sem abrigo” ou “alternativo”  já não é considerado um estilo, mas sim uma falta de higiene!Com o calor que se avizinha quem sofre é quem está ao lado! :p

Atenção 3: Procure um namorado(a) não um psicólogo!